(31) 3526-8899 | WhatsApp (31) 9 9660-1158 contato@legalspace.com.br

A Crescente da Economia Compartilhada

A Crescente da Economia Compartilhada

O mercado de trabalho está repleto de mudanças. É um ambiente que está em constantes inovações e movimentos que alteram hábitos e desejos das pessoas.

A nova tendência e que está em profundo crescimento é a economia compartilhada.

É um novo modo de se gerir ativos, uma nova maneira de consumo e de prestação de serviço que se baseia no compartilhamento de bens e formas de gerar lucro por meio dessa partilha. Empresas como Uber, Airbnb e Itaú têm se destacado nesse novo processo.


Mas assim como qualquer mudança, a Economia Compartilhada têm riscos e desafios, por isso ainda pode causar um estranhamento nas pessoas. Nem todos empresários estão dispostos a partir para essa nova etapa, pois têm medo de dificultarem a chegada aos objetivos. Foi por isso que a Legal Space Coworking resolveu desvendar alguns mistérios sobre essa maneira de se trabalhar nos dias de hoje.
Um dos principais desafios para um empreendedor ou empresa é perceber que o mercado ainda está pouco acostumado ou educado, se assim podemos dizer, com a ideia de compartilhamento de bens ou serviços. As pessoas de uma maneira geral estão mais acostumadas na posse, na individualidade e as vezes, até mesmo, no egoísmo, quando se trata de ativos que lhe pertencem.
Contudo, a partir do momento em que grandes empresários e influenciadores conseguem inspirar parceiros a enxergarem que a economia compartilhada é uma tendência que gera lucro, tudo fica mais simples. É um caminho de “mão dupla”, já que de um lado, existem empresas e pessoas que querem prestar um serviço e de outro lado um consumidor e uma sociedade que busca por novas maneiras rentáveis e econômicas de adquirir o que o mercado pode oferecer.
Para que fique mais explicito, o Uber é um aplicativo que conecta pessoas que possuem um bem, um ativo, ou seja, um veículo, a pessoas que procuram um serviço de transporte que seja mais barato e viável, com conforto e segurança. Esse pode ser o principal “case” dessa economia compartilhada que vem crescendo no Brasil.
É possível inovar e optar por esse novo movimento de compartilhamento. Mas é preciso entender os seus fatores e buscar aliados em busca do sucesso. Um bom uso da tecnologia, parcerias com boas empresas e quebrar o paradigma de serviços e economia tradicional são os principais desafios da nova economia de sucesso mundial!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Envie um Whatsapp