(31) 3526-8899 | WhatsApp (31) 9 9660-1158 contato@legalspace.com.br

Como funciona o escritório compartilhado?

Como funciona o escritório compartilhado?

Você já se perguntou como funciona o escritório compartilhado?

A dúvida é comum entre muitas pessoas que têm estudado algumas possibilidades dentro do coworking.

Com a crise econômica atravessada pelo país, os escritórios compartilhados estão salvando milhões de negócios.

Promovendo ambientes dinâmicos e proativos, eles possuem tudo aquilo que sua empresa precisa para decolar.

O espaço de coworking da Legal Space conta com linhas telefônicas exclusivas, assessorias contábil e jurídica, gestão de correspondências, serviços de motoboy, internet de alta velocidade e uma incrível parceria com os correios que vai facilitar a sua vida.

Nós pensamos em tudo isso só para que você não precisasse pensar.

Queremos fazer com que você esqueça as trivialidades e foque em apenas um objetivo: o sucesso do seu negócio!

Se quer saber como funciona um escritório compartilhado, faça o seguinte exercício:

imagine trabalhar junto com a sua equipe em um espaço com todas as vantagens corporativas sem precisar, para isso, lidar com contratos e burocracia…

Interessante, não é?

Além de todas as vantagens de se ter um escritório completo, especialistas indicam que o coworking também te ajuda a ter uma equipe mais proativa e eficiente.

O século XXI já não tolera escritórios com tantas divisórias, chegou a hora da colaboração e do dinamismo entrarem em campo.

O espaço de coworking da Legal Space fica na região central de Belo Horizonte, uma localização privilegiada para receber seus clientes e fazer negócios.

Com ambientes arrojados e proativos, as acomodações da Legal Space já estão montadas à espera de seus futuros clientes. Além de todas as vantagens já citadas, nossos processos são claros e livres de multas.

Neste post, você entenderá como funciona o escritório compartilhado e saberá o porquê cada vez mais os profissionais adotam o coworking como espaço de trabalho?

Como funciona o escritório compartilhado?

As novas tecnologias permitiram que o trabalho pudesse ser feito a partir de qualquer lugar do mundo.

Smartphones, laptops e escritórios compartilhados para freelancers em todos os continentes tornaram possível o trabalho remoto em qualquer lugar.

Espaços de coworking não são a melhor opção para todos. Se você valoriza a privacidade e gosta de mudar a disposição do mobiliário, um escritório tradicional é a melhor opção para você.

Mas se você não liga para ter vizinhos de estação de trabalho e compartilhar recursos como internet wi-fi, banheiros e cozinha com outros profissionais, o coworking pode ser muito efetivo especialmente na redução de despesas e benéfico para empresas e trabalhadores em crescimento.

Vantagens do escritório compartilhado

Existem basicamente 3 vantagens imediatas para alguém que opta por um escritório compartilhado em Belo Horizonte:

Economia

Ao dispensar os luxos de um escritório alugado, o profissional está economizando um dinheiro que poderá ser aplicado de outras formas em seu negócio.

Enquanto em um escritório é necessário preocupar-se com o pagamento de aluguel, contas, faxineiros e outros tipos de custos fixos, em um espaço de coworking o empreendedor precisa preocupar-se apenas com a mensalidade cobrada.

Leia mais:  Por que a cultura das 8h às 18h precisa mudar?

Aqui na Legal Space, por exemplo, oferecemos planos de escritórios compartilhados em Belo Horizonte a partir de R$299 ao mês.

Networking

Participando de um espaço de coworking, você terá contato diário com empreendedores e profissionais das mais diversas áreas de atuação.

Isso amplia a sua rede de contatos e faz com que seu negócio se beneficie com ideias que podem aparecer por todos os lados.

Tempo

A economia de tempo também é uma vantagem bastante significativa de quem opta pelos escritórios compartilhados.

A expansão dos escritórios compartilhados

No Brasil, nos últimos cinco anos, a quantidade de escritórios compartilhados passou de 11 pra quase 240, segundo dados da Coworking Brasil, organização que representa os escritórios compartilhados.

 

79% das empresas no Brasil priorizam mais o resultado do que a presença do funcionário no escritório.

Escritórios tradicionais ainda irão perder muito espaço nas grandes cidades.

Os escritórios compartilhados têm ganhado adeptos nas capitais como Belo Horizonte

Em uma busca rápida na internet, você pode encontrar pelo menos 20 opções diferentes de empresas de coworking, onde profissionais liberais dividem o espaço de trabalho.

Para o advogado Idamo Iacomini, gestor do coworking Legal Space, no Barro Preto, a tendência é que a procura aumente cada vez mais com a retração da economia. “Temos que estar preparados cada vez mais para o aumento da procura, incluindo aí a possibilidade de aumentar a oferta no número de espaços de trabalho, para que possamos atender mais e mais pessoas. Acredito que seja uma forte tendência para os próximos dois anos”, avalia.

Como funciona o coworking na prática?

  • Você tem oportunidade de se relacionar com profissionais de outras áreas.
  • É possível gastar menos com aluguel e outros custos compartilhando o ambiente de trabalho.
  • É necessário aprender a ceder – respeitar o espaço do outro, prestar atenção ao tom de voz, utilizar as salas de reunião com parcimônia e ficar atento ao número de clientes que visitam o espaço.
  • Para quem não se adaptar ao modelo, alguns escritórios oferecem a opção de sala fechada no lugar do espaço comum.
  • Não é preciso se preocupar com mobiliário ou computadores. Toda estrutura já está montada para quem tiver interesse. Caso o profissional desista, não há multa para quem rescinde o contrato, basta avisar com um mês de antecedência.

Por que escolher o coworking?

Seguem 6 razões pelas quais os profissionais escolher o coworking:

  1. Rendimentos superiores aos níveis convencionais de mercado;
  2. Economia com empregados e encargos sociais;
  3. Facilidades de mudança do ramo de atividade,
  4. Oferecimento de produtos e serviços melhores, com custos menores;
  5. Vantagens fiscais para as microempresas, como a dispensa do IR;
  6. Otimização de atividades.

Gostou das dicas? Quer saber mais?

Entre em contato e venha conhecer as nossas instalações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *