(31) 3526-8899 | WhatsApp (31) 9 9660-1158 contato@legalspace.com.br

Como o coworking ajuda a montar uma empresa? Guia prático!

Como o coworking ajuda a montar uma empresa? Guia prático!

Montar uma empresa: por onde começar?

Não é de hoje que você que montar sua empresa, não é mesmo? Mas há muita coisa para pensar… Muita coisa para fazer… No entanto, não deixe que alguns obstáculos te impeçam de ir adiante. A chance de você se tornar um empreendedor de sucesso tem de ser muito maior!

Antes a preocupação com a burocracia era enorme, mas, hoje em dia, montar uma empresa está cada vez mais simples no Brasil. Para tanto, basta que você se torne um Micro Empreendedor ou Micro Empreendedor Individual. Aí sim você terá seu negócio totalmente regularizado.

Mas antes de tomar o rumo do sucesso, é importante que você saiba que é preciso entender o mercado, o público e planejar bem o negócio. De acordo como SEBRAE, uma boa gestão considera estratégias de marketing, um fluxo de caixa controlado e passa também por muita criatividade e inovação. A última etapa é registrar o negócio e torná-lo realidade!

Dicas sobre como começar um negócio

Obter sucesso, realização profissional e pessoal são os grandes estímulos para empreendedores que se arriscam a investir tempo e dinheiro numa ideia. Mas para o sonho sair do papel é preciso seguir alguns passos.

Antes de abrir sua empresa, pense em que você tem de melhor, em seu talento e quais são suas habilidades. Depois se informe. Pronto!

Dicas relevantes para quem quer seguir com a empreitada de fazer uma ideia se tornar um negócio lucrativo:

#1 Prepare seu investimento

Até que o negócio comece a dar lucros é preciso que você tenha um capital disponível para arcar com as suas despesas e se dedicar ao processo de construção de seu negócio.

#2  Pesquise o segmento

Você precisa se certificar ao máximo de que o seu negócio vai dar certo. É claro que todo o negócio tem um risco, mas você precisa saber quem são seus concorrentes, quais são os desafios e oportunidades dessa ideia que você pretende tirar do papel. Uma dica é conversar com diferentes empresários do ramo em que pretende atuar.

 #3 Definir e otimizar custos

Quais recursos financeiros você precisa para efetivar o seu negócio? Liste com cuidado todo o material necessário e pense sempre em alternativas para baratear o custo.

Começar um empreendimento não é fácil para ninguém, por isso tome cuidado com os custos fixos. É possível compartilhar espaço? Contratar coworking? Leve tudo isso em consideração sem perder de vistas, é claro, o profissionalismo.

#4 Saiba vender sua ideia

Se você não possui investimentos o suficiente para guinar o seu negócio, é fundamental que busque parcerias. Para isso, você precisa exercitar um discurso de vendas para atrair investidores.

Nada de “encher linguiça”, contar histórias ou fazer rodeios. Vá direto ao ponto e saiba responder com precisão à pergunta: Por que o seu negócio é relevante e lucrativo e como poderá impactar o mercado?

#5 Conheça pessoas

Fazer networking e consolidar uma rede ampla de contatos é imprescindível para quem quer consolidar um negócio. Saiba como usar essa rede e estabelecer conexões e oportunidades.

#6 Planejar é vencer

É preciso ser flexível e adaptar o seu negócio constantemente de acordo com as oportunidades/necessidades do mercado. Ser flexível e adaptável às mudanças não significa abrir mão do planejamento.

Ele é importante para administrar e alocar os recursos disponíveis e também para definir os rumos e objetivos da empresa. Como o seu negócio deve estar daqui a um, dois, três e cinco anos? Sim, para que um negócio dê certo você precisa projetar hoje o que será no futuro, criar condições e os caminhos para atingir tais metas.

Se no decorrer do tempo, você sentir que está distanciando de seus objetivos, analise com cuidado suas ações e interfira imediatamente naquilo que está prejudicando seu negócio. É preciso monitorar com frequência os resultados de suas ações.

#7 Invista em comunicação

Você precisa se comunicar com o seu público. Essa premissa é muito importante, independente do ramo de seu negócio. Um advogado com foco em direito empresarial, por exemplo, precisa “dialogar” com as empresas que são seus clientes em potencial.

Para isso, o primeiro passo é identificar seus públicos, caso seja mais de um. A partir daí, é preciso estabelecer o melhor canal para uma comunicação eficiente e atrativa.

É preciso ter uma página no facebook? Newsletter? Twitter? Blog? Revista? Saiba primeiro onde seu público está para definir qual é o canal mais estratégico para a comunicação acontecer.

Como fazer o registro da empresa?

Agora que sua ideia de negócio já está pronta, coloque a mão na massa: registre a empresa e torne-a realidade.

Seguem alguns procedimentos para abrir uma microempresa. Para ME (micro empresa) ou EPP (empresa de pequeno Porte) e MEI (micro empresário individual), receita anual é entre R$ 60.000,01 e no máximo R$ 3.600.000,00.

Leia mais:  5 motivos que um coworking faz sentido para as starups

São necessários os seguintes documentos: o RG, CPF e Titulo de Eleitor. Comprovante de residência e original da última declaração de IR. Depois disso, o registro de empresário individual e o seu enquadramento como Microempresa (ME) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP) na junta comercial de seu município. Por último, faça a inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

É possível reduzir custos na abertura da empresa?

Muitas vezes o empreendedor pensa que não há alternativas para iniciar um novo negócio e que abrir uma pequena empresa é um grande obstáculo.

Mas não é essa a realidade. Ao micro empreendedor, há no mercado alternativas para abrir uma pequena empresa com investimento baixo. Uma delas está nas facilidades que o coworking oferece aos pequenos empresários.

Como o coworking pode ajudar?

Muito bem. Sua empresa está registrada, você com toda energia do mundo para trabalhar, mas onde?

Não se preocupe. Não são necessários gastos enormes com aluguel de imóvel, que estão cada vez mais caros, nem em compra de mesas, cadeiras, armários, muito menos com energia e condomínio. Isso é coisa do passado.

Você vai encontrar tudo de que precisa num espaço em que você faz economia, interage com pessoas, troca ideias e, sobretudo, cresce profissionalmente. Estamos falando de uma forma inteligente e econômica para você instalar sua empresa.

Coworking é um novo espaço de trabalho em que pessoas de diferentes áreas de atuação trabalham em salas compartilhadas ou privativas.

São muitos os fatores que atraem profissionais para esse espaço compartilhado, entre eles a troca de experiência e o mais importante: a essência de um Coworking é a criatividade, além de ser bastante prático e o custo benefício excelente.

O Coworking, além de abrigar várias áreas de atuação, tem como ponto fundamental a interação. Nos espaços há várias escolhas se, por ventura, você quiser reunir com clientes, há salas privativas e espaços descontraídos. Sabe por que investir em Coworking é excelente opção? Os espaços são lindos, confortáveis, ótimos para chamar atenção de seu cliente em potencial.

Você vai se surpreender com as vantagens de um Coworking. A estrutura é muito bem planejada para o desenvolvimento de trabalho autônomo ou coletivo. Outro ponto espetacular é a ajuda com os recados, quer seja por um serviço do próprio espaço, quer seja por escritório virtual. Assim, você não se preocupa com recados ou correspondências.

Veja os benefícios que o Coworking pode oferecer:

  • estrutura física;
  • serviço de Internet;
  • sistema de telefonia;
  • serviço de impressão;
  • ambiente de convivência;
  • salas para reunião;
  • escritório virtual;
  • salas privativas;
  • serviços de conveniência, como motoboy e correios;
  • recepcionistas.

Você pode ter certeza de que todos os serviços de um Coworking irão aumentar seu prestígio, e a imagem de sua empresa estruturada e organizada fará toda diferença.

Leia mais: Dicas sobre como começar um negócio.

Coworking como um diferencial competitivo para sua empresa

A celeridade do mundo exige que o pequeno investidor se preocupe o tempo todo com o melhor para sua empresa. Se antes oferecer serviço de qualidade era sinônimo de sucesso, atualmente o mercado, principalmente o virtual, pede mais do que isso.

Assim, para você ser o diferencial dentro de sua especialidade, leve sua empresa ao espaço Coworking.

Veja como o conceito coworking pode funcionar muito bem para que você tenha oportunidade e êxito nessa fase do seu negócio.

Inicialmente a localização. Se você tiver seu escritório num endereço acessível, a chance de gerar bons negócios aumenta. Nada melhor do que um cliente ligar e na hora em que você der seu endereço ele dizer: “Sei onde fica”.

Outra coisa é que você pode ter um espaço de trabalho com estrutura profissional e, o melhor, totalmente equipado com serviços de atendimento telefônico, limpeza, água, luz, endereço comercial, entre outros.

Disponibilidade de salas para reuniões, de treinamento, privativas e executivas.

E agora o mais importante: você ganha na produtividade!

No espaço coworking sua possibilidade de interação aumenta; quanto mais pessoas você conhece e se interage, mais você ganha visibilidade, e o que acontece muito nesse inter-relacionamento é o leque de clientes que se abre, pois clientes de escritórios compartilhados, geralmente, podem se tornar seus clientes em potencial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *