(31) 3526-8899 | WhatsApp (31) 9 9660-1158 contato@legalspace.com.br

Por que o trabalho flexível impulsiona a produtividade?

Por que o trabalho flexível impulsiona a produtividade?

O problema da micro gerência é o fato de ela ser contra produtiva por natureza, explica a especialista em produtividade Marianne Page, a autora do best seller “Simple, Logical, Repeatable”.

Para a autora, administradores que micro gerenciam são obstinados pelo controle e têm necessidade de verificar cada detalhe, além de monitorar cada aspecto de todos os trabalhos.

E, ao contrario dos bem-vindos comentários construtivos acerca de um trabalho mal acabado ou incompleto, eles criticam e refazem o trabalho sozinhos.

“As consequências para a equipe são a falta de interesse pelo trabalho e, por fim, a vontade de sair da empresa”, diz Marianne Page.

O problema da micro gerência

Se a micro gerência está envenenando a produtividade, então qual é o antídoto? Dar mais liberdade e autonomia para os funcionários fazerem seus trabalhos é a resposta.

A flexibilidade tem um papel fundamental, e os funcionários com cronogramas de trabalho flexíveis demonstram maior bem-estar do que aqueles que têm menos controle sobre quando e onde trabalhar.

Um dos maiores benefícios de oferecer mais autonomia aos funcionários surge ao recrutar e manter jovens talentos.

Gregory Blondeau, fundador da empresa de tecnologia Proxyclick, insiste que jamais será possível atrair mão de obra formada pela geração Y, se eles forem policiados.

O empresário afirma que não existe espaço para a micro gerência em uma empresa bem-sucedida.

Fato é que, com o aumento contínuo da popularidade do trabalho flexível e remoto, os dias da micro gerência parecem estar contados.

Marianne Page acredita que

“quanto mais rápido ensinarmos aos nossos gerentes a envolver as pessoas e a equipe na melhoria contínua do negócio, melhor será para todos”. E continua, dizendo que “a razão de as pessoas usarem o cérebro não deve nos causar receio. Isso só torna as coisas mais divertidas, produtivas e prazerosas. É importante que todos alcancem seus potenciais.”

Como o trabalho flexível pode ajudar?

Observa-se alguns benefícios que o trabalho flexível oferece aos profissionais:

Leia mais:  Coworking para médias e grandes empresas: 6 vantagens

poder adaptar horário para atender as necessidades familiares e pessoais,

economia de tempo e dinheiro em deslocamentos, e

opção para horário de descanso e trabalho, diminuindo significativamente o estresse e a fadiga,

Home office ou coworking?

O coworking é um espaço de trabalho com estrutura profissional e disponibilidade de salas para reuniões, de treinamento, salas privativas e executivas. E agora o mais importante está no ganho da produtividade.  Sua essência está na criatividade.

O formato oferecido pelo coworking é coerente com as necessidades atuais das pequenas e médias empresas que operam em um sistema flexível, à medida que fornece estrutura montada, ajustável de acordo com a necessidade pontual da empresa.

Já a expressão “home office” significa ao pé da letra trabalho em casa. No entanto, ele não precisa ser feito necessariamente em casa. O profissional pode desenvolver seu home office em espaços de coworking, cafés, parques, ou seja, num lugar em que se sentir à vontade e que for mais viável e confortável a ele.

Por isso, é possível identificar esse tipo de trabalho também como “trabalho remoto” ou “trabalho a distância”.

Tanto os espaços coworking como os home office crescem a cada dia. Por isso que a escolha deve levar em conta o perfil do profissional, assim como o trabalho desenvolvido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *