(31) 3526-8899 | WhatsApp (31) 9 9660-1158 contato@legalspace.com.br

Trabalho Home Office: como funciona?

Trabalho Home Office: como funciona?

O Home Office é uma modalidade que vem atraindo milhares de trabalhadores que buscam uma vida menos estressante que o ambiente dos escritórios em grandes empresas.

Um estudo da PGI descobriu que 80% dos trabalhadores relataram que estava mais felizes trabalhando de casa, enquanto que 69% faltaram menos ao trabalho e 82% dos colaboradores home office relataram níveis mais baixos de estresse.

Com essa mudança de conceitos, os colaboradores buscam formas de se sentirem mais satisfeitos em suas carreiras e, ao mesmo tempo desacelerar.

 

O que é e como funciona o Home Office?

Apesar da tradução literal, Home Office não significa apenas trabalhar em casa, mas sim trabalhar em um ambiente alternativo ao escritório de uma empresa.

Uma pessoa pode optar por trabalhar nesse regime em casa, mas também em cafés, hotéis e coworkings.

Com as empresas tendo grandes gastos mantendo espaços físicos para seus colaboradores e vendo a produtividade diminuir dia após dia, foi se popularizando o Home Office.

Por meio dela, o colaborador trabalha de forma remota.

Engana-se quem pensa que quem trabalho no regime Home Office não precisa de preocupar com horários, prazos e resultados.

O funcionário precisa entregar um bom trabalho assim como os que ficam alocados no escritório.

Home Office é para todo mundo?

Para saber se o funcionário tem perfil para atuar dessa forma é preciso entender sobre as consequências do Home Office.

O colaborador precisa ter o perfil para trabalhar em Home Office, ou seja, a pessoa precisa ter o perfil para entregar tarefas e cumprir prazos sem a necessidade da cobrança de superiores.

Segundo um estudo recente feito pela reportagem de um jornal da rede de TV Record, o brasileiro que trabalha em regime Home Office, sem contato com o mundo exterior, pode apresentar doenças psicológicas, como estresse e depressão.

Isso ocorre pela falta de horário, de um ambiente adequado para o tipo de trabalho que realiza e, principalmente, pela falta de convívio social, parcerias e amizades.

O Home Office é para pessoas que consigam gerenciar o seu tempo e que não se importem de não ter grande convivência social.

Vantagens e desvantagens do home office

Muitos profissionais, principalmente do setor de serviços, optam por trabalhar em casa (home office). Realmente, existem muitas comodidades em fazer de sua casa um ambiente de trabalho, mas é preciso ter cuidado.

O home office proporciona vantagens como a proximidade da família, a incorporação da família às atividades do negócio, a flexibilidade de horário de dedicação ao negócio e atividades domésticas e maior liberdade em gerenciar seu próprio tempo. Porém, alguns cuidados precisam ser levados em consideração. Listamos aqui alguns deles, confira:

Perda da privacidade pessoal

É preciso ter cuidado para que as tarefas familiares e domésticas não interfiram demasiadamente nos rumos do seu negócio. Cuidado com a interferência de assuntos domésticos em assuntos profissionais.

Indefinição de horários de trabalho e lazer

Se não houver disciplina, você pode se perder entre o momento para o trabalho e o momento para o lazer. Isso pode resultar num excesso de carga de trabalho em home office.

Ausência de contato com outros profissionais

O home office pode se tornar uma tarefa de confinamento e anti-social. A falta de contato com outros profissionais pode resultar numa carência na atualização profissional. O networking e as possíveis conexões com diferentes pessoas são indispensáveis para a saúde do seu negócio.

Relacionamento com o cliente

Se você opta home office, tem que ter em mente um espaço adequado para receber seu cliente. Muitos ainda estranham ser “atendidos” em ambiente doméstico e, além do mais, o ambiente precisa estimular uma comunicação eficiente e o fechamento de novos negócios.

Leia mais:

As 7 regras para trabalhar em casa

Se você está se planejando e procurando mais informações sobre como trabalhar em casa, saiba que essa não é uma tarefa fácil. Apesar da flexibilidade de horários, a questão da disciplina pesa muito para que você tenha sucesso em seu home office.

Pensando nisso, o site Virgin criou uma lista com as 7 regras para se trabalhar em casa. Está curioso?

Confira baixo quais são elas!

O que exatamente você quer?

A maioria das pessoas está simplesmente andando por aí sem ter um objetivo claro em mente. Ao trabalhar em casa, você precisa traçar uma meta e saber onde quer chegar.

Por mais que tenha muito tempo disponível, você não finalizará uma tarefa no prazo se não souber o momento certo de começá-la.

Livre-se da desordem

Home office e bagunça não combinam, isso afeta em cheio a sua produtividade.

Quer um conselho sobre como trabalhar em casa? Comece criando um ambiente limpo e, consequentemente, mais produtivo.

“Não, não vai durar apenas 5 minutos!”

Veja bem, quando se trabalha em regime home office, é muito difícil convencer as pessoas de que você não está disponível.

Todo mundo sabe que você está em casa e é muito recorrente que alguns pedidos venham acompanhados da famosa frase: “Faça, vai durar apenas 5 minutinhos!”.

Não vai durar apenas 5 minutinhos! É importante não ceder nessa hora, já que isso pode te custar um tempo precioso ao final do dia.

Vista-se

Não é porque você trabalha em casa que vai ficar o dia todo de pijama.

A ciência já comprovou: quando nos vestimos bem, isso tem um impacto psicológico e nossa produtividade aumenta.

Saiba dizer não

Você precisa saber quais são os seus princípios. A autora do texto original, por exemplo, diz que existem fatores não-negociáveis na vida de cada um. Para ela, por exemplo, emprestar dinheiro, livros e carro, seja para quem for, está fora de cogitação.

É preciso que você encontre estes fatores para a sua vida e deixe-os bem claro para quem estiver à sua volta.

Ao saberem que você trabalha em casa, é possível que algumas pessoas apareçam em horários ruins ou simplesmente queiram deixar as crianças com você, por exemplo. É preciso saber dizer não para que o respeito continue a existir.

Leia mais:  6 benefícios de trabalhar em coworking com estranhos

Justifique o investimento

Se você quer trabalhar em casa, precisa provar que essa é a maneira com que renderá mais! Portanto, fuja dos problemas de disciplina e justifique o investimento no regime home office.

O “não” você já tem

Trabalhar em casa pode ser uma tarefa bastante solitária. Por vezes, não estando em um escritório lotado, você sentirá que não tem a quem recorrer. Para quaisquer dúvidas que surjam no meio do caminho, estufe o peito e procure por ajuda de alguém que já passou pelo mesmo problema que o seu.

Escritório próprio e home office: quais são os desafios enfrentados?

Escritório próprio

Quando se pergunta a um empresário quais são os desafios que ele encontra para se manter no mercado, pelo três são citados imediatamente: o primeiro é a gestão de pessoas.

Para manter um escritório próprio, é preciso gerenciar pessoas, pois elas são consideradas o maior ativo que uma empresa possa ter.

No entanto, esse trabalho demanda a contratação de outras pessoas, treinamentos, capacitação e, também, demissões que podem gerar custos à empresa.

Outro ponto é a gestão financeira.

Talvez seja um dos pontos mais difíceis quando se tem um escritório próprio.

Fazer um planejamento financeiro de forma adequada, ter conhecimentos sobre fluxo de caixa, encargos, custeio de produtos e serviços, programação de pagamentos e recebimentos e até mesmo sobre investimentos.

E, por último, os tributos, além do aluguel, transporte e refeição. Se não souber lidar com tudo isso o empresário corre o risco de fechar o escritório.

Home office

Na outra ponta está o home office, que é uma opção para minimizar as despesas administrativas com escritório.

Quando se opta por esse modelo, muitos profissionais se esquecem da necessidade de organização e disciplina, pois sem elas a pessoa pode não produzir com qualidade.

Não se deve pensar que se o empresário mantiver um home office que todas as despesas serão cortadas.

Há de pensar em os outros custos que serão adicionados ao escolher essa forma de trabalho, entre eles estão gastos com materiais de escritório, energia e telefone.

Além disso, deve haver um local apropriado para receber clientes para reuniões de negócio.

Agora a melhor forma de tirar proveito tanto de um escritório próprio como o de trabalhar em casa está em um coworking.

Home Office e teletrabalho se complementam?

O teletrabalho nada mais é do que um trabalho remoto que, assim como o Home Office, pode ser feito de diversos lugares, como o coworking por exemplo.

Para se fazer um bom teletrabalho, é necessário ter os equipamentos necessários como notebook, telefone, softwares e ferramentas de contato, a fim de ajudar na interação da equipe.

Flexibilidade

Tanto para pessoas que trabalham como empregados fixos mas em regime Home Office e para quem é microempresário, a flexibilidade de tempo é uma das grandes vantagens, pois o empregado não precisará se deslocar até o local e fazer um horário fixo, das 08 às 18 por exemplo.

Nesse caso, ele deverá entregar as tarefas no tempo previsto, mas sem grandes pressões.

Economia

A empresa não precisará fornecer um escritório para os funcionários e assim economizará com gastos relacionados com aluguel de imóvel, contas de energia, internet, entre outros custos.

Coworking para reuniões

O coworking é um espaço de trabalho compartilhado com diversas outras empresas ou empreendedores individuais.

O ponto chave do coworking é a interação.

Pelo fato do espaço abrigar empresas e profissionais de diversas áreas, é possível conversar e fazer networking com os mais variados seguimentos.

A ideia de unir diversas empresas em um mesmo local pode soar desorganizado, mas não é! Para as empresas que desejam um espaço próprio, os coworking oferecem a opção de salas privativas.

A ideia do coworking é fazer com que o empreendedor, além de ter um ambiente pensado para as necessidades dele, tenha a possibilidade de interagir com outras pessoas e não mais trabalhar de forma isolada do convívio social.

Isso pode ajudar bastante a quem pretende mudar para o regime Home Office, mas não quer perder a interatividade com o mundo exterior.

Outra modalidade no coworking é a sala de reunião para receber cliente.

As salas apresenta os itens necessários para sua apresentação e, além disso, fica bem localizada, próximo de pontos estratégicos, facilitando assim a locomoção do cliente.

Além desses serviços, as empresas de coworking oferecem também escritório virtual.

Esse serviço receberá as correspondências no nome da sua empresa e ainda fará o atendimento telefônico, anotação de recados.

A grande qualidade é que as operadoras são treinadas e capacitadas para atender as ligações de forma personalizada e, caso o empresário não possa atender, receberá um recado, ou seja, não perderá ligações e estará sempre em contato com o cliente.

Coworking: uma forma de fugir do Home Office

Em um espaço de coworking o ambiente é inovador, pois o escritório compartilhado parte do princípio do incentivo de troca de ideias. Trabalhar em conjunto possibilita o ganho de inúmeras colaborações, compartilhamento e interação.

Seja qual for a área de atuação, todo profissional, ao interagir e trabalhar com pessoas diferentes, vai se propiciar com uma expansão de criatividade. Ao optar por um espaço de coworking, em vez de trabalhar de forma isolada, o contato com outras pessoas favorece a troca de experiências e de ideias.

O espaço Coworking é uma excelente oportunidade para conquistar clientes, ser conhecido e reconhecido na área na qual atua. Outra coisa é que pode-se ter um espaço de trabalho com estrutura profissional e disponibilidade de salas para reuniões, salas de treinamento e salas privativas. E agora, o mais importante, está no ganho da produtividade.

São muitos os fatores que atraem profissionais para esse espaço compartilhado, entre eles a troca de experiência e o mais importante: a essência de um Coworking é a criatividade, além de ser bastante prático e o custo benefício excelente.

O espaço de Coworking gera economia para sua empresa e, assim, reduz o valor de seus produtos e serviços, criando assim um diferencial competitivo no mercado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Envie um Whatsapp